segunda-feira, 26 de julho de 2010

Diário de bordo 2º dia

P7250002

Este é o Custoso.

Ainda estou em Jussara, cidade do sudoeste goiano, perto de Mato Grosso, há 415 km de Brasília e, aparentemente, bem próxima do Sol. Digo isso por ser uma cidade muito quente com temperaturas quase sempre acima dos 32 graus.

É a mesma cidade do acidente e que também trás contentamento.

Nossa primeira aventura foi, em pleno domingo, tentar encontrar nesta pequena cidade um sinal de internet para que o Diário de Bordo pudesse ser publicado.

Primeiramente, com dois primos a ajudar-me, fomos de carro a um posto de gasolina onde nos deliciamos com pasteis e sucos. Sempre sem esquecer que buscávamos o tal sinal de internet. Os pasteis estavam ótimos, no entanto, teríamos que andar um pouco mais.

P7250008

Riacho Água Limpa

Saímos da cidade e fomos fotografar uma parte do riacho onde renasci. Atitude imprudente, pois paramos o carro à beira da estrada, em cima de uma ponte e que renderam boas fotos. Em nenhum momento desci do carro e pretendo descrever e demonstrar com fotos como se faz para me colocar dentro de um automóvel.

Continuamos nossa busca percorrendo as ruas da cidade até que meu primo ligou para um amigo e ele permitiu que utilizássemos o sinal da casa dele. Fomos rápido, pois a bateria estava quase no fim. Fim suficiente para conectar e publicar o Diário do primeiro dia.O que acabei de descrever pode parecer algo bobo para aqueles que somente se importam com grandes atos, fatos ou história. A grandiosidade desta história está nos sorrisos, no bate-papo, na convivência e, principalmente, na disponibilidade dos meus primos em ajudar-me em algo realmente corriqueiro: Encontrar um local com sinal de internet.

P7250023

Torre da Igreja Nossa Senhora de Fátima.

À noite andamos pela cidade e fomos a missa para depois ver o Brasil ser 9 vezes campeão da Liga mundial de Vôlei.

Os próximos dois ou três dias passarei em uma fazenda aos arredores da cidade de Santa Fé de Goiás e lá, meus amigos, devo encontrar de trator a bicicletas; de vacas a tucanos; de emas a cavalos; mas sinal de internet?

Veremos.

Até a próxima!

 

 

Angelo Márcio.

P7250010  P7250011 P7250014

2 comentários:

Eduardo Jorge disse...

Livraste-te do frio de Brasília. rs

Que bonito riacho! Com a tua descrição até me apeteceu estar ai também. Gosto muito dos quitutes feitos nas fazendas. Manda-me alguns. rs

Aproveita bem o convívio com a família, amigo.

Fica bem.

Angelo Márcio disse...

é Eduardo, pra esta aventura tive que deixar o frio pra tras (ainda bem)

Teve em tem bons quitutes, mas abusei e passei mal. rsrs
Abração, meu amigo.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...